terça-feira, 20 de maio de 2014

Lei do Abate de aviões será usada na Copa

Renan Contrera
renancontrera@hotmail.com.br

A presidente Dilma Rousseff assina nos próximos dias decreto que estende as regras da Lei do Abate para grandes eventos, como a Copa do Mundo e a Olimpíada. Pela lei hoje em vigor, a derrubada de um avião é permitida apenas em casos de narcotráfico, sobretudo em zonas de fronteira. O novo decreto permitirá o abate de aeronave que se aproximar de áreas proibidas nas 12 cidades-sede de jogos.
A ordem do tiro de destruição, que hoje é do presidente da República, deverá ser delegada para a autoridade aeronáutica – no caso o comandante da Força Aérea –, depois que sejam cumpridos cerca de dez procedimentos e checagens. O texto deve ser fechado hoje.
A-29A-5723
Ação, normalmente adotada contra tráfico, valerá
 para invasões do espaço aéreo em áreas de jogos

A primeira providência será a realização de filmagens da aeronave irregular, checagem do seu prefixo e matrícula e tentativa de identificá-lo. Se houver irregularidade, um caça da Força Aérea se aproximará e emitirá sinais visuais. Se o piloto não responder, o avião suspeito será interceptado e terá a rota alterada. Se ainda assim o piloto não atender, o caça pode disparar, primeiro, tiros de advertência. Caso a aeronave seja considerada hostil, estará sujeita ao tiro de destruição.
A-29 ArmaNa Copa das Confederações, em 2013, um avião invadiu uma área de exclusão, em Brasília, foi interceptado e obrigado a desviar seu rumo durante a abertura do jogo inaugural. O avião invasor foi interceptado por um A-29 Super Tucano, a 90 quilômetros de Brasília, e teve a rota desviada.
Abertura. Há dois meses, o governo já tinha anunciado restrições para o espaço aéreo durante a Copa, no período de 10 de junho a 15 de julho, que atingirão cerca de 25 aeroportos brasileiros. Na abertura da Copa, por exemplo, na Arena Corinthians em São Paulo, o espaço aéreo sobre o estádio estará fechado das 14h às 21h.
FONTE: Estado de São Paulo via Defesa Aérea & Naval

MARINHA DO BRASIL NA OPERAÇÃO PLANALTO VIII

Renan Contrera
renancontrera@hotmail.com.br

Embarcações da Capitania  Fluvial de Brasília em ação no Lago Paranoá 01Militares da Marinha do Brasil sediados em Brasília iniciaram no dia 16 de maio, sob a coordenação do Comando do 7º Distrito Naval, um exercício operativo visando o treinamento dos militares que atuarão na Copa do Mundo FIFA 2014.
Os adestramentos, que terminam no dia 22 de maio, têm o propósito de prover, durante a Copa do Mundo, a segurança no Lago Paranoá, a realização de escoltas de delegações, a vigilância das áreas de segurança sob a responsabilidade da Marinha do Brasil e o patrulhamento lacustre.
Participam aproximadamente 1200 militares do Comando do 7º Distrito Naval, do Grupamento de Fuzileiros Navais de Brasília, da Capitania Fluvial de Brasília, do Centro de Instrução e Adestramento de Brasília, do Hospital Naval de Brasília e da Estação Rádio da Marinha em Brasília. Estão sendo empregadas 15 embarcações e 19 viaturas operativas.
Evento teste
No dia 16 de maio, por ocasião da partida entre Luziânia e Brasília, realizada no Estádio Nacional Mané Garrincha, foram executadas, também, simulações das atividades de defesa cumprindo o planejamento previsto para a Copa do Mundo FIFA 2014.
Médicos e enfermeiros do Hospital Naval de Brasília durante adestramento 02
Em Brasília, assim como nas outras 11 cidades-sede, existe um Centro de Coordenação de Defesa de Área (CCDA), sob a coordenação do Comando Militar do Planalto (CMP) e do qual o Comando do 7º Distrito Naval faz parte. O CCDA é composto por representantes dos órgãos de segurança pública, inteligência, defesa civil e segurança privada.
FONTE: ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL DO 7º DN via Defesa Aérea & Naval

COPA 2014 - Simulação de ataque químico mobiliza 300 pessoas em Curitiba

Com presença da presidenta da República, FAB assina contrato de compra do avião brasileiro KC-390

Renan Contrera
renancontrera@hotmail.com.br

 Com a presença da presidenta Dilma Rousseff, o comando da Força Aérea Brasileira (FAB) assinou hoje com a Embraer o contrato de compra dos primeiros aviões de transporte militar KC-390. A assinatura ocorreu durante cerimônia que marcou também a inauguração do hangar na cidade de Gavião Peixoto (SP), onde será realizada a montagem final da aeronave a jato, que substituirá os atuais Hércules (C-130) utilizados pela FAB.


O contrato prevê a aquisição de 28 aviões e sua assinatura é considerada o passo que faltava para que o projeto da aeronave, iniciado em 2009, seja concluído com sucesso. Com valor estimado em R$ 7,2 bilhões, a compra do primeiro lote pela Força Aérea inclui, ainda, o suporte logístico para os aviões.
Demonstrando entusiasmo, a presidenta comemorou a iniciativa. “Se todas as brasileiras e brasileiros pudessem conhecer esses hangares, e acompanhar o que está sendo desenvolvido aqui nesta indústria do conhecimento que é a Embraer, estou certa de que cada um deles sentiria um imenso orgulho do nosso país”, disse.

Antes de discursar na cerimônia, Dilma percorreu, na companhia do governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, do ministro da Defesa, Celso Amorim, e do comandante da Aeronáutica, brigadeiro Juniti Saito, o hangar onde está sendo realizada a montagem estrutural do protótipo do KC-390, que deverá realizar seu primeiro voo até o fim deste ano.

Na presença dos trabalhadores da Embraer e de autoridades civis e militares, a presidenta ressaltou as qualidades do avião que, segundo ela, é um “legítimo exemplo” do Brasil inovador. “O projeto é uma demonstração clara da competência dos nossos pesquisadores, técnicos e da capacidade da indústria nacional de produzir bens de alta tecnologia”, destacou.

Grande feito tecnológico

Em entrevista à imprensa, o ministro Celso Amorim também comemorou a aquisição. “Quero manifestar a nossa grande alegria com esse contrato. É ele que vai viabilizar a produção em série do KC-390, e também servir de garantia para que outros possíveis clientes no mundo afora tenham a certeza de que o avião está sendo utilizado pela nossa Força Aérea”, afirmou.

Amorim se referiu ao projeto do cargueiro como um “grande feito tecnológico e industrial” do Brasil. Ele destacou que, além de ser importante para as manobras militares no céu brasileiro, a aeronave contribui de maneira decisiva para o desenvolvimento da indústria nacional de Defesa.



Segundo o presidente da Embraer Defesa e Segurança, Jackson Schneider, em sua fase atual, o projeto do KC-390 emprega diretamente 1,5 mil trabalhadores. Esse número, diz ele, deverá ser ampliado com o aumento da demanda pela aeronave. O executivo afirmou que há, hoje, 32 cartas de intenção assinadas com outros países, os quais a empresa pretende transformar em contratos firmes.
O KC-390 é uma aeronave projetada para realizar transporte militar (de pessoas e equipamentos) e reabastecimento em voo de outros aviões. Trata-se de um projeto conjunto da Embraer e da FAB. Especialistas afirmam que isso representa um grande avanço em tecnologia e inovação para a indústria aeronáutica brasileira. O avião é a maior aeronave já produzida no país.
O cargueiro é multiuso, podendo desempenhar diversas funções, como operar em pequenas pistas na Amazônia ou Antártida, lançar paraquedistas em pontos diversos do território, além de realizar buscas, resgates e lançar carga em pleno voo.Os primeiros aviões devem começar a ser entregues em 2016. Segundo a Embraer, mais de 30 empresas brasileiras foram contratadas para o desenvolvimento da aeronave, cuja produção também conta com parcerias industriais de outros países, entre os quais Argentina, Portugal e República Tcheca.
Fotos: Roberto Stuckert/PR e Luiz Rabelo/MD
Assessoria de Comunicação Social (Ascom)

segunda-feira, 12 de maio de 2014

FAB prepara estrutura de Tecnologia da Informação em Centro de Defesa de Curitiba

Estrutura contribuirá na coordenação dos eixos de defesa, agilizando a tomada de decisões por parte das Forças Armadas e dos demais Órgãos de Segurança

Renan Contrera
renancontrera@hotmail.com.br

Fotos: CINDACTA II
Militares preparam estrutura de TI para Copa  CINDACTA IIFaltando um mês para o início da Copa do Mundo no Brasil, o Centro de Coordenação de Defesa de Área (CCDA) de Curitiba, no Paraná, já opera com toda a infraestrutura física e lógica de Tecnologia da Informação. No Centro, são planejadas as atividades de defesa para o evento, articuladas entre as Forças Armadas e os Órgãos de Segurança Pública.
A logística de montagem foi coordenada pela Diretoria de Tecnologia da Informação (DTI) e executada pela equipe do Centro de Computação da Aeronáutica do Rio de Janeiro (CCA-RJ), em parceria com profissionais dos Centros de Brasília (CCA-BR) e São José dos Campos (CCA-SJ). "Há mais de uma década, o CCA-RJ participa de exercícios militares nos quais a FAB está presente. Nosso apoio ao CCDA-Curitiba contribuirá na coordenação dos eixos de defesa, agilizando a tomada de decisões por parte das Forças Armadas e dos demais Órgãos de Segurança”, ressalta o Tenente Engenheiro Allan Machado da Silva, oficial do CCA-RJ que participou da missão em Curitiba.
Técnicos e analistas se mobilizaram, entre os meses de fevereiro e abril, na preparação da infraestrutura física e lógica de rede. Na parte física, foram disponibilizados e configurados nove switches, quatro servidores e 30 estações de trabalho, além da utilização de conversores multimídia. No tocante à estrutura lógica de TI, foram disponibilizados serviços responsáveis pela autenticação de usuários em rede e atualizações do sistema operacional (WSUS), servidor de impressão, servidor de arquivos (mapeamento e permissionamento de pastas de acordo com o perfil funcional dos usuários), correio eletrônico, backup, entre outros.
O CCDA-Curitiba é o único centro do país sob coordenação da FAB. Durante a competição, a capital paranaense terá quatro jogos, além de servir de base de treinamento para a Seleção da Espanha. No total, doze CCDA atenderão o evento, ativados em cada cidade-sede da Copa.

Grupos de Artilharia Antiaérea de Autodefesa da FAB participam de treinamento no Pará

Renan Contrera
renancontrera@hotmail.com.br


  Escalados para realizara defesa antiaérea de duas cidades durante a Copa do Mundo, os dois Grupos de Artilharia Antiaérea de Autodefesa da Força Aérea Brasileira (FAB) participaram em abril do exercício Caramuru III. A operação realizada no Campo de Provas Brigadeiro Veloso (CPBV), localizado em Cachimbo no Sul do Pará, foi coordenada pelo Núcleo de Brigada de Artilharia Antiaérea de Autodefesa (NuBAAAD), sediado em Brasília.

Repleta de novidades, a operação teve dois objetivos principais. O primeiro foi realizar o adestramento e treinamento dos militares dos grupos. E o segundo foi homologar o lançamento do míssil IGLA-S em cenário noturno, ou seja, atestar aptidão para uso. Tal tipo de ação ainda não havia sido realizado no Brasil e o exercício Caramuru III inaugurou o lançamento noturno do míssil pelos grupos de artilharia antiaérea de autodefesa da FAB.

A versão mais moderna do míssil, o IGLA-S, é preparado para receber acessórios como o visor termal, um dispositivo infrared que intensifica a emissão de calor da aeronave e facilita o acompanhamento à noite. 

Para o Comandante do 2° GAAAD, Tenente-Coronel Claudio Bento Nascimento da Silva, a operação é fundamental. “O grupo recebeu a missão de fazer a defesa antiaérea de dois pontos na Copa do Mundo, em São Paulo e em Manaus, e os jogos serão todos à noite. E esse aparelho que também vai ser utilizado na Copa, habilita o grupo a operar à noite”, explicou.

Outro aspecto inédito foi a forma de lançar o alvo. As aeronaves F-5 do 1° Grupo de Caça (1°/1° GAVCA), sediado em Santa Cruz (RJ), entraram em ação. E pela primeira vez no Brasil um alvo foi lançado por um caça para em seguida ser atingido pelo míssil terra-ar.

O alvo utilizado foi um paraquedas iluminativo, que emite dois milhões de candela (unidade que mede a intensidade luminosa). Esse calor é suficiente para sensibilizar a cabeça de guiamento do míssil até o paraquedas iluminativo. 
Ele viajando na velocidade de 600 metros por segundo, atinge o alvo distante cerca de dois km em um tempo máximo de quatro segundos

O Chefe da Seção de Operações do 1° GAAAD, Major de Infantaria Nilton Sigenori Takezawa, garante que é um ganho operacional muito grande. “Hoje as Forças Aéreas de qualquer nação vão procurar sempre se basear em recursos tecnológicos para conseguir a dissuasão e para conseguir a vantagem sobre uma eventual ameaça”, afirmou.

CARAMURU III
Para o Comandante do NuBAAAD, Coronel de Infantaria Luiz Marcelo Silvero Mayworm, o sucesso da operação é um motivo de felicidade. “É a primeira vez que nós fazemos um exercício sem a participação de outra Força Armada. É também a primeira vez que no Brasil nós fazemos um lançamento contra um alvo lançado por uma aeronave F-5. A gente vem acreditando e trabalhando por uma atividade nova na Força Aérea que é a defesa antiaérea”, afirma. Para ele o empenho dos militares dos dois grupos de Artilharia Antiaérea de Autodefesa é motivo de orgulho. “Sinto-me recompensado pela atuação dos meus militares”, completou.

O Chefe do Estado-Maior do Comando-Geral
 de Operações Aéreas (COMGAR)
, Major-Brigadeiro do Ar Antonio Carlos Moretti Bermudez,  assistiu ao lançamento dos mísseis e declarou estar satisfeito com o resultado da missão. "Os grupos de artilharia antiaérea de autodefesa estão com a responsabilidade da defesa de pontos sensíveis nos diversos eventos que temos ao longo deste ano e dos demais eventos que se seguirão. Então, o sucesso alcançado, o desempenho das equipes e todo o planejamento refletirão na missão que nos foi atribuída", finalizou

sábado, 10 de maio de 2014

Dois presos pelo Policia Militar, um por trafico e outro procurado por roubo em Tanabi.

Renan Contrera
renancontrera@hotmail.com.br

Dois indivíduos foram presos pela Policia Militar de Tanabi, um por trafico de entorpecentes e outro menor de idade que foi um dos autores ao um correspondente bancário no centro de Tanabi (leia a reportagem), ambos foram presos em patrulhamento por bairro da cidade. 

Foto: Policia Militar de Tanabi
Procurado por volta das 19h35 09/05/2014 Durante patrulhamento foi solicitado apoio pela outra guarnição da PM, na qual haviam obtido informações do paradeiro de um dos autores do roubo a correspondente bancário na data anterior (08/05/2014), e que pesava contra ele mandado de apreensão sendo que de imediato foram para o local onde os Policiais haviam efetuado a detenção do menor W.H.R.B de 17 anos. O mesmo foi contido, algemado e colocado no guarda preso da viatura, tentando resistir a prisão. Apos o fato o detido foi encaminhado à Policia Civil onde foi elaborado B.O Policia Civil e encaminhado a Fundação Casa.

Trafico de entorpecente 21h10 09/05/2014 Em patrulhamento foi abordado a testemunha J.R e ao efetuar revista no mesmo foi encontrado quatro pedras de crack, questionado a respeito dos entorpecentes declarou ter comprado de E.C.A.P de 22 anos , de imediato com apoio da outra guarnição da PM, as guarnição foram para casa do indicado ao chegar no local um dos Policiais viu que E.C.A.P correndo e jogando algo na residencia dos fundos e após buscas foi localizado um frasco contendo dezessete porções de um pó na cor branca em plásticos transparente aparentando ser cocaína, no quarto foi localizado oitocentos e sessenta e cinco reais. Foi dado voz de prisão ao E.C.A.P e encaminhado ate a Delegacia onde o Delegado José Luiz Barbosa Júnior ratificou a prisão em flagrante delito por tráfico de entorpecentes.

quinta-feira, 8 de maio de 2014

Correspondente bancário é roubado em Tanabi.

Renan Contrera
renancontrera@hotmail.com.br


PM foi acionada por volta das 14h45 
Um correspondente bancário no centro de Tanabi foi roubado no dia 08 de maio, por dois indivíduos, sendo um deles de posse de uma arma de fogo. A vitima não informou precisamente o valor correto levado pelos indivíduos.

Por volta das 14h45 na rua Coronel Militão, dois indivíduos sendo um deles armado. Levando todo o dinheiro do caixa, a vitima G.M não soube precisar o valor correto, apenas disse que pode ser de um a dois mil reais, após os indivíduos tomaram rumo ignorado e a pé.



Testemunhas que estavam no local declaram conhecer o indivíduo que estava de posse da arma de fogo, Foi realizado patrulhamento juntamente com as viaturas que vieram prestar apoio a Policia Militar de Tanabi, mas os indivíduos não foram localizados.

Compareceram no local os investigadores da Policia Civil de Tanabi que tomaram as demais providências.

Acrobacia Aérea é tema de curso da Esquadrilha da Fumaça

Renan Contrera
renancontrera@hotmail.com.br
Fotos: Ten Cocate/EDA
Com o intuito de aprofundar assuntos referentes à demonstração aérea, o grupo de pilotos da Esquadrilha da Fumaça participou do “Curso Teórico de Acrobacia Aérea” nos dias 29 e 30 de abril no auditório do Esquadrão. O Comandante da Fumaça, Tenente-Coronel Marcelo Gobett Cardoso, ressaltou o objetivo do evento.
“O curso pretende elevar o nível de conhecimento teórico sobre acrobacias, aprimorando a formação do piloto operacional em demonstração aérea. Com as aulas, as informações constituirão um firme embasamento teórico que irá facilitar o aprendizado prático. Dessa forma, os ensinamentos transmitidos diretamente de instrutor para aluno, durante briefings e voos, serão melhor assimilados, otimizando o processo ensino-apredizagem e garantindo, consequentemente, uma maior segurança operacional de voo”. 
O curso teve como público-alvo três novos pilotos da Fumaça que ainda darão início aos treinamentos em acrobacias aéreas, além de toda a equipe de Oficiais do Esquadrão de Demonstração Aérea (EDA). O corpo docente foi composto por sete instrutores, sendo quatro deles Oficiais da Fumaça: três pilotos e um médico, que abordou o tema “Fisiologia aplicada ao voo acrobático”.
Dois representantes do Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial (DCTA), em São José dos Campos (SP), também foram convidados a conceder palestras relacionadas ao tema em questão. O piloto de Ensaios em Voo, Tenente-Coronel Ricardo de Lima e Souza - ex-integrante da Fumaça que voou tanto o T-27 quanto o A-29 em sua carreira - ministrou o assunto “Desempenho em curva e limites da aeronave A-29”, nivelando conhecimentos importantes na ótima exploração das capacidades do avião. Atualmente, ele está auxiliando na formação do novo piloto número 5 da Esquadrilha.
O outro convidado do DCTA foi o Major Engenheiro Fábio Almeida (foto), do Instituto de Aeronáutica e Espaço (IAE), que palestrou sobre a “Mecânica de Voo Aplicada ao Voo de Acrobacia”. O Major Almeida, formado pelo Instituto Tecnológico da Aeronáutica (ITA) e Doutor em Engenharia Aeroespacial, também é piloto privado e ainda participa de campeonatos civis de acrobacias pelo Brasil.
Vários outros temas foram abordados no curso, como “Conceitos Básicos sobre Demonstração Aérea”, “Fundamentos do Voo à Baixa Altura” e “Introdução à Aviação de Pequeno Porte e Show Aéreo”. Este último foi apresentado pelo próprio Comandante da Esquadrilha, Ten-Cel Gobett, que concluiu o curso com diversos conhecimentos sobre aviação geral de acrobacias, tanto no âmbito nacional quanto internacional. Ele agradeceu a colaboração de todos, certo de que o desenvolvimento deste curso será aprimorado com o passar dos anos: “estou muito satisfeito com o resultado das aulas. Sempre pensei que seria interessante sistematizar a base teórica por meio de um curso para que os pilotos pudessem obter uma preparação igualitária, de forma a tornar o conhecimento mais completo e geral, antes de partir para treinamentos práticos de acrobacias aéreas da Esquadrilha da Fumaça”. 
 
 Comandante da Fumaça, Ten-Cel Gobett, fez uma apresentação introdutória do curso
Tenente Capuchinho, piloto nº 2 da Fumaça, apresentou a palestra: "Conceitos Básicos de Acrobacia Aérea"
Capitão Garcia, piloto nº 5, tratou sobre o tema "Conceitos Básicos sobre Demonstração Aérea"
"Mecânica de voo aplicada ao voo de acrobacia" foi tema da apresentação do Major Engenheiro Almeida
Tenente Médico Novaes apresentou o tema: "Fisiologia aplicada ao voo acrobático"
Major Franklin, nº 7, mostrou o assunto "Fundamentos do voo à baixa altura"
Ten-Cel Lima e Souza explicou o assunto: "Desempenho em curva e limites - Aeronave A-29"
Ten-Cel Gobett finalizou o curso com a palestra: "Introdução à aviação de pequeno porte e show aéreo"
Equipe de alunos e docentes do curso

quinta-feira, 1 de maio de 2014

Policia Militar prendeu dupla que roubou os Correios de Cardoso e Ouroeste.

Renan Contrera
renancontrera@hotmail.com.br
                                                                                    Fotos: Policia Militar de Tanabi
A Policia Militar de Tanabi prendeu dois indivíduos que roubaram as agencias dos Correios de Cardoso e Ouroeste, foram abordados na vicinal Cosmorama/Tanabi, com eles foram recuperados um revolver calibre 38 e o dinheiro roubado. Os mesmos estavam em fuga numa motocicleta.

Por volta das 13h54 os Policiais foram informados pelo COPOM (Centro de Operações da Policia Militar) que dois indivíduos em um motocicleta modelo Hornet de cor amarela e que estavam sendo acompanhados pela viatura do Policiamento Rodoviário, pois teriam roubado a agência dos Correios no município de Cardoso e estariam sentido Cosmorama/Tanabi, porém os Policiais Rodoviários perderam de vista a motocicleta. A guarnição da PM de Tanabi de imediato se deslocou pela vicinal que da acesso a Cosmorama e no Bairro Vila Nova.

Foi com exito pois se depararam com a motocicleta mencionada ocupada por dois indivíduos. Na abordagem em revista foi localizado com o garupa  E.S.A  19 anos natural Iturama, um revolver calibre 38 oxidado contendo seis munições intactas da marca CBC na cintura do mesmo e com a numeração raspada e em um dos bolsos da calça uma parte do dinheiro e um celular da marca Lg de cor preta. Com condutor da motocicleta S.T.M 24 anos natural Guamanbi-BA, foi localizado parte do dinheiro também em um dos bolsos uma carteira de couro contendo quarenta e dois reais (R$ 42,00) e um cheque no valor de mil duzentos e cinquenta reais (R$ 1.250,00).


Os autores ao serem indagados confessaram que no período da manha do dia 30 de abril haviam praticado roubo em uma agência dos correios no município de Ouroeste-SP e posteriormente efetuaram novamente a pratica do roubo em outra agência dos correios pelo município de Cardoso. Diante dos fatos foi dado voz de prisão em flagrante delito e conduzidos ate a Delegacia de Policia de Cosmorama onde o delegado ratificou a voz de prisão em flagrante delito. 

As vitimas da agência dos correios de Cardoso reconheceram os autores e o valor roubado foi de dois mil seiscentos e sessenta e oito reais (R$ 2.668,00) em papel moeda. 

Os dois indivíduos foram encaminhados para a cadeia de Guarani d'Oeste.